Como é feita a sessão com a mesa psiônica?

Katia Ferraz – A mesa psiônica funciona como uma terapia com a vantagem que os problemas detectados podem ser solucionados e transformados por meio das ferramentas (símbolos acoplados na mesa).

Como assim?

Katia Ferraz – Na primeira sessão é feita uma longa entrevista (anamnese) com o paciente de forma a detectar todas as queixas, o que está de errado em sua vida, o que ele gostaria de trabalhar e modificar além de uma medição dos pontos gerais (frequência geral, emocional, vital, saúde, dna, causas ancestrais) que podem estar influenciando ou causando algum mal estar ou bloqueio. É a chamada ficha de anamnese cujo objetivo é fazer um diagnóstico geral do paciente e apontar todos os pontos que necessitam de tratamento e ajuste.

E depois o que acontece?

Katia Ferraz –  A partir desse ponto trabalhamos com a mesa psiônica quântica propriamente dita. Eu procuro “apresentar” a mesa ao paciente pra que ele entenda exatamente o que e como está sendo trabalhado cada ponto e o que cada símbolo significa. A ideia é que o paciente participe e acompanhe de perto cada ponto que está sendo mexido. Então começamos, ponto a ponto do que foi diagnosticado na anamnese, por meio de um pêndulo medindo como está cada frequência e quanto ela deveria estar naquele momento.

Mas é trabalhado na hora?

Katia Ferraz – Sim. Mede-se a frequência de um ponto, por exemplo emocional e quanto deveria estar. Em seguida o pêndulo vai apontando cada ferramenta é necessária para ir ajustando aquela frequência e emitimos a frequência daquela ferramenta para a situação citada e prosseguimos assim até sair a ferramenta do fechamento. Voltamos então à fase inicial e medimos como está a frequência após termos mexido com as ferramentas e em quanto tempo deve atingir a frequência ideal. E assim sucessivamente até chegarmos à ultima frequência diagnosticada.

Dá pra sentir o efeito na primeira sessão?

Kátia Ferraz – Sim, o paciente já começa a perceber melhorar desde a primeira sessão. Por se tratar de uma terapia, os efeitos permanentes são incorporados gradativamente. Dependendo do caso uma sessão é suficiente mas na maioria deles a constância, ao menos na fase inicial e aguda, se faz necessária para que os efeitos conseguidos se tornem permanentes e não voltem a incomodar da mesma forma que antes.

É possível trabalhar tudo mesmo?

Kátia Ferraz – A mesa psiônica abre possibilidades infinitas e quanto mais eu observo o feedback dado por meus pacientes mas eu me apaixono por ela. Com a mesa podemos voltar no tempo e ajustar uma situação que hoje ainda incomoda ou interfere, ir além, no futuro, não importa o quão distante e aproveitar conhecimentos para que estejam hj disponíveis em nosso presente. Também desprogramamos aspectos negativos de nossas personalidade, como insegurança, traumas, medos e o transformamos em algo positivo. As possibilidades são infinitas.

Tipo filme de ficção científica?

Kátia Ferraz – Se observarmos melhor, muitos dos chamados filmes de ficção não são tão “ficção assim”. Hoje a temática da física quântica é abordada na maioria deles, pois já é uma realidade científica e muitos testes tem sido obtidos com êxito pela ciência. Se conseguirmos ter um olhar não tão “quadradinho” de como funciona o tempo vamos perceber que o tempo não precisa funcionar de forma “cartesiana” tipo 1001, 1002 e sim de forma espiralada onde tudo pode coexistir simultaneamente. Quem nunca teve a sensação de já ter passado por aquele lugar antes ou já ter visto aquela pessoa. As sensações de “dejavú”  nada mais são do que flashes quânticos e que explicam que já estivemos por ali ou podemos estar ainda. É um universos de possiblidades e quando percebo os resultados positivos que trazem mais me anima a trabalhar e  me especializar  ainda mais na mesa radiônica quântica e seus benefícios como tratamento e transformador da vida. Filmes como Matrix, X Men – Dias de um futuro esquecido, Déja Vu, 2001 uma Odisseia no Espaço e tantos os outros nos dão uma prévia do que podemos fazer ao nosso favor quando entendemos e incorporamos o conceito quântico em nossas vidas. <>

Saiba mais sobre MESA RADIÔNICA QUÂNTICA aqui