Home » Mensagem » Como funciona um oráculo

Como funciona um oráculo

postado em: Mensagem 0

Por que nem tudo que é dito em consulta de tarot dá certo comigo? Existe alguma coisa de errado com as previsões? Será que estou fazendo algo de errado?

Muitas são as dúvidas das consulentes após realizar uma consulta de tarot ou com qualquer outro oráculo como baralho cigano, runas ou búzios, no sentido da assertividade das previsões de uma consulta ou sobre o tempo para que algo de fato aconteça e se modifique.

É importante esclarecer aqui que o tarot ou oráculo é um estado temporário de uma situação, onde são apontados os fatos do presente , causas do passado que interferem na situação atual e possibilidades mais fortes no futuro.

O simples fato de se antecipar e já saber quais as possiblidades futuras de um determinado problema já nos dá o livre arbítrio de poder transformar o resultado dependendo de nossas ações.

Claro que nem todas as ações dependem exclusivamente de nós e quando há outros envolvidos é preciso entender que também ali o livre arbítrio pode ser exercido.

Mas uma “mexidinha” digamos assim, é sempre possível,  e com isso, ao consultarmos o oráculo alguns dias depois, a situação possa se mostrar bem diferente, pois novos fatos contribuíram para alterar aquele quadro apresentado na consulta anterior.

Isso nos concede um poder absoluto, ao alcance de todos, de transformar toda e qualquer situação negativa em algo positivo e de aprendizado para nossas vidas. Por essa razão, quando abrimos um jogo divinatório (oráculo) as cartas sempre sugerem alguma ação e nos fornecem dicas de como cuidar daquela situação que tanto nos incomoda.

É preciso ficar atento às orientações e segui-las desde que não sejam contrárias àquilo que acreditamos. O objetivo da consulta não é transformar nossas crenças e sim auxiliar da melhor forma para que alcancemos os resultados almejados.

Deixe uma resposta